Viewing entries tagged
Boteco do Neco

5 TIPOS DE CERVEJAS ARTESANAIS

Comment

5 TIPOS DE CERVEJAS ARTESANAIS

Seja bem-vindo ao Boteco do Neco! O artigo de hoje foi pensado em você que aprecia o sabor e a qualidade de um produto brasileiro bastante apreciado: a cerveja artesanal.

Você vai aprender um pouco sobre a história da cerveja e das cervejas artesanais no Brasil e descobrir as principais características das premiadas bebidas da Cervejaria Colorado que temos a disposição em nosso cardápio. Então vamos lá!

História da cerveja

Você sabia que a cerveja é uma das bebidas mais antigas do mundo? Acredita-se que ela tenha nascido na Mesopotâmia, em um período que antecede em milhares de anos o nascimento de Cristo. Alguns registros mostram que a primeira cerveja foi fabricada acidentalmente há cerca de 6 mil anos pelos Sumérios.

Estima-se que a bebida tenha chegado ao Brasil em 1637, quando o holandês Maurício de Nassau chegou a nossa terrinha. Nassau desembarcou em Recife trazendo consigo diversos profissionais de diferentes áreas, com o intuito de contribuir com o progresso da região brasileira.

Entre eles, estava o cervejeiro Dirck Dicx que montou a primeira cervejaria do país. Contudo, a cerveja era de consumo exclusivo do rei e de algumas famílias de imigrantes que conseguiam produzir a bebida em casa.

Cervejas artesanais

A produção e comercialização de cervejas artesanais no Brasil iniciou somente no século 1900, por iniciativa dos imigrantes que aqui se estabeleciam. A comercialização era feita no próprio balcão da fábrica, mas não havia a mesma preocupação com a qualidade e o sabor que vemos nos dias de hoje.

Sobre a Colorado

A Colorado iniciou suas atividades em 1996, de acordo com o site da fábrica: "A Cervejaria abriu as portas não com um, mas com oito chopes diferentes. Alto teor alcoólico, lupulados, não filtrados, com ingredientes brasileiros."

As experiências proporcionadas pelo sabor dos produtos rendeu a Colorado diversos prêmios ao redor do mundo. Entretanto, Marcelo desejava ir além e em 2007 deixou de produzir apenas o chope e se transformou em uma marca ao produzir e engarrafar cervejas artesanais.

Os três primeiros tipos que ganharam as garrafas de vidro foram:

⦁ Appia;

⦁ Cauim;

⦁ Indica, a primeira IPA brasileira.

 

No Boteco do Neco você encontra 5 tipos de cervejas produzidas pela Colorado. Conheça cada uma delas:

- Appia

Appia.png

A primeira cerveja engarrafada marca é batizada com a tradução do latim para a palavra mel. Tudo isso por ser a primeira bebida brasileira a utilizar esse produto em sua fórmula.

A cerveja de trigo produzida com um toque de mel de flor de laranjeira, é indicada para ser consumida por verão. Sua espuma cremosa, a doçura e o baixo amargor é perfeita para quem busca novos sabores.

A Appia coleciona os seguintes prêmios:

⦁ Medalha de Bronze, no Festival Brasileiro da Cerveja edição 2013, 2014, 2015;

⦁ Medalha de Prata, no South Beer Cup edição 2015;

⦁ Medalha de Ouro, no World Beer Awards em 2016, na Inglaterra;

⦁ Medalha de Bronze, BBC 2016;

⦁ Medalha de Ouro na categoria Alternative Fermentables, na South Beer Cup em 2017;

⦁ Medalha de Ouro na categoria Specialty Honey Beer, no Festival Brasileiro da Cerveja de 2017;

⦁ Medalha de Ouro na categoria Flavoyred Honey/Maple, novamente no World Beer Awards em 2017.

Ingredientes: cevada, trigo maltado, lúpulo, fermento inglês e um toque brasileiro de Mel de Flor de Laranjeira.

- Cauim

Cauim.png

A pilsen valoriza um importante produto brasileiro em seus ingredientes: a mandioca! O nome, de origem indígena, faz referência a uma bebida produzida pelos índios Tupi e combina fermento alemão, malte brasileiro, fermento tcheco e claro, o aipim.

Ao contrário da Appia, ela é mais amarga e menos doce. Entretanto, é igualmente premiada:

⦁ 2ª Melhor Cerveja do Brasil, pelo Caderno Paladar Estadão;

⦁ Medalha de Bronze na South Beer Cup edição 2011 e 2012;

⦁ Uma das 10 melhores cervejas especiais, pela Revista Veja São Paulo;

⦁ Medalha de Bronze no Festival Brasileiro da Cerveja de 2013;

⦁ Medalha de Bronze, no South Beer Cup 2015;

⦁ Medalha de Bronze na categoria International Style Pilsener, no Festival Brasileiro da Cerveja em 2016 e na edição de 2017;

⦁ Medalha de Bronze no IBC - International Beer Competition, realizado na Inglaterra em 2016;

⦁ Medalha de Bronze na categoria International Lager da Copa Cervezas de América em 2017.

Ingredientes: fermento alemão, malte importado, lúpulo tcheco e a brasileiríssima mandioca.

- Indica

Indica.png

A Indica é mais uma cerveja que preza pela valorização do produto local e traz um toque especial de rapadura aos seus ingredientes.

De acordo com o site da Colorado: "A Indica Colorado traz a legítima fórmula utilizada pelos soldados ingleses em sua longa viagem marítima até a Índia."

O resultado dessa mistura inusitada entre o ingrediente brasileiro e a tradicional formulação não podia ser outro: uma cerveja com a mesma intensidade de amargor e doçura foi vencedora do prêmio Cerveja do Ano pela revista Prazeres da Mesa e aparece no Pocket Beer Guide, o guia de cervejas inglês mais respeitado do mundo.

A tradicional Pale Ale também recebeu uma medalha no Festival Brasileiro da Cerveja, conquistando a prata em 2013.

Ingredientes: lúpulo inglês, malte pilsen, malte caramelo e a rapadura brasileira.

- Demoiselle

Demoiselle.png

A Demoiselle é uma cerveja cheia de significados. Por ter um toque de café, foi batizada com o nome de um dos aviões de Santos Dumont que passou a infância morando em uma região de cultivo por conta do seu pai, grande personalidade cafeeira.

Apresenta amargor intenso, mas também uma certa doçura, é uma cerveja de coloração escura e sabor tostado. Não foge a regra das premiações da Colorado:

⦁ Medalha de Ouro no European Beer Star 2008, realizado na Alemanha;

⦁ Melhor Cerveja do Brasil em 2008 pela revista Prazeres da Mesa;

⦁ 2 estrelas no International Taste e Quality Institute Brussels, em 2012;

⦁ Medalha de Prata no European Beer Star, em 2013 na Alemanha;

⦁ Medalha de Ouro no World Beer Awards de 2016;

⦁ World’s Best Coffee Beer no World Beer Awards de 2016;

⦁ Medalha de Ouro na categoria Flavoured Chocolate and Coffee, no World Beer Awards 2017.

Ingredientes: água, malte de cevada, lúpulo, levedura e café.

- Vixnu

Vixnu.png

A Vixnu é uma variação da cerveja India Pale Ale e, assim como a Indica, propõe um toque de rapadura a sua fórmula.

A cerveja possui amargor, doçura e aroma intensos. A brasilidade não se dá apenas por conta a inusitada rapadura, mas também pelas notas críticas do maracujá.

De coloração avermelhada, é ideal para quem aprecia sabores extremos. Confira os prêmios:

⦁ Ouro, Melhor IPA e Melhor Cerveja das Américas, na Copa das Cervezas de América em 2012;

⦁ Medalha de Ouro no Festival Brasileiro da Cerveja, em 2014;

⦁ Medalha de Bronze, no International Beer Challenge (Inglaterra) de 2016;

⦁ Medalha de Ouro e World’s Best Double IPA, no World Beer Awards edição 2016;

⦁ Medalha de Bronze na categoria Imperial/Double IPA, no International Beer Challenge da Inglaterra em 2017.

Ingredientes: lúpulos americanos, toque especial da rapadura, malte, aromas cítricos e de maracujá.

Diferença entre chopp e cerveja

É importante lembrar que chopp e cerveja tem algumas diferenças. O chopp, na realidade, é a cerveja armazenada em barril e esse processo pode causar alguns impactos no sabor, data de validade, sensação de leveza, refrescância e cremosidade.

Aqui no Boteco, você encontra a Appia em garrafas, mas também sob pressão, ou seja, o chope. Ao experimentar as duas, é possível sentir uma leve diferença no sabor devido ao armazenamento.

Convide seus amigos para experimentar as cervejas e chopps Colorado! Esperamos você no próximo happy hour. Até breve!

Comment

Comment

Porco na lata, sim Senhor.

Pra quem não sabe, o café foi um dos grandes fatores de desenvolvimento econômico na época em que Maringá foi descoberta, por causa da grande concentração de nutrientes encontrados na Terra Roxa. Porém, em termos de infraestrutura, a cidade não cumpria os requisitos para oferecer qualidade de vida aos habitantes.

Não eram raros os cidadãos acometidos por doenças ocasionadas pela má conservação dos alimentos. Até a década de 50, quando a energia elétrica era um artigo de luxo, os moradores – especialmente das zonas rurais - utilizavam latas de produtos diversos para fazer estocagem e armazenamento de alimentos perecíveis. A técnica empregada era simples, mas muito eficiente sob o ponto de vista sanitário: fritava-se a carne e a reservava em recipientes metálicos. Depois, os enterravam no interior das residências. Dentre os animais, o porco ganhou o gosto popular pela facilidade de adaptação e baixo custo de produção.

Nascia, assim, o porco na lata.

Para eternizar a história, o Boteco do Neco traz para o cardápio uma adaptação a esse prato pitoresco, com a combinação Porco na lata com mel de café, que já é um sucesso.

porconalata

Vem experimentar.
Estamos na Av. Tiradentes, 133. 

Comment

Comment

Clima de Boteco no ar

 

Tem novidade no blog do Boteco do Neco e você, como um bom apreciador da comida brasileira,  já pode se preparar para vir brindar com estilo os dias mais quentes do ano.

Como todo mundo sabe, temos uma séria questão com comer bem e bastante. A gente gosta de fartura na mesa e por isso nossos pratos são caprichados. Como bons amantes desse tropicalismo todo, também nos preocupamos em aproximar nossa cultura ao cardápio do bar. Desse jeito, é sempre muito prazeroso inventar pratos novos.

Estamos em fase teste para o cardápio de verão que em breve estará esperando por você aqui no centro de Maringá. Mas, enquanto não fica tudo pronto, a gente vem aqui contar história para você saber de onde veio tanta inspiração.

Toda semana, a gente vem trazer um conteúdo diferente sobre o cardápio. Alguns pratos vocês já conhecem, outros são novidade!

Com temperos especiais e boas doses de criatividade, nosso cardápio faz uma releitura contemporânea da comida caseira. Além da cerveja estupidamente gelada p’rum batalhão, servimos drinques tropicais, petiscos suculentos e pratos pitorescos acompanhados de molhos artesanais.

É tanta coisa gostosa que vai ser difícil não babar na tela do computador!

Aproveite para compartilhar com a gente seu prato ou drink predileto. Use a hashtag #BotecodoNeco para marcar suas fotos, que a gente compartilha em nossas redes sociais!

Saúde! 

comer

Comment

Comment

Prazeres da Mesa apresenta: Mesa ao Vivo Paraná

Nos dias 16 e 17/9, a Prazeres da Mesa realizou o evento Mesa ao Vivo Paraná e o Boteco do Neco participou da exposição e degustação "O melhor das Cidades", representando Maringá.

Nem precisa dizer o quanto ficamos felizes e lisonjeados de participar do evento, não é?! No cardápio, os nossos bolinhos de mandioca com carne seca, linguiça com banana e feijoada com bacon.

Agradecemos a todos pela presença!

Assistam o vídeo do evento, curtam e compartilhem com os amigos!

#VemproBoteco


Comment